Assinatura RSS

Perdão

Publicado em

Cortinas brancas, balançando com o vento que entra frio e cortante pela janela. É inverno e o dia está começando a clarear, assim como os pensamentos embaçados. O que havia sido tão grave para tudo acontecer tão bruscamente?
Mudou de estado, mudou de expressão e deixou a alegria para trás, mas não mudou de sentimento. A dor acrescentou-se ao cansaço da viagem, feita as pressas, por impulso, pois não aguentava olhar as paredes e lembrar. Mas ir embora, até então, não trouxe nenhum fragmento de esquecimento. Tudo ainda é vívido e ele ainda não entende bem como aconteceu. Não entende como foi capaz.

Queria pedir perdão. Mas nem mesmo ele aprendeu a perdoar.

Anúncios

Sobre Gerlaine

umaspalavras.wordpress.com

Uma resposta »

  1. Milena Stancini

    Perdão…
    Incrível!!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: